Você está em:

O que é tumblr

O que é tumblr
  • Tumblr inovação em blogging
  • O Tumblr, primeiramente, se pronuncia “Tâmbler”, é a mais nova plataforma de blog que está fazendo sucesso aqui no Brasil. Milhões de usuários que compartilham textos, fotos, sons, gifs e outras animações através dos seus Tumblr’s. É como se fosse um blogger e também como se fosse um Twitter, é uma mistura dos dois, porém, possui um design inovador e uma facilidade de uso incrível, para se ter uma idéia não demorei mais que 30 segundos para criar meu Tumblr. Basta inserir seu e-mail, senha e o nome que será o endereço do seu Tumblr e já está tudo criado e sem pagar nada pelo uso do serviço.

    Mas claro que não é só isso

  • Na página sobre o Tumblr temos..
  • Um portfólio de conquistar do Tumblr, sobre o Tumblr posso dizer que é uma plataforma que alcança a casa dos milhões de usuários, prova disso? visite a página About deles e verá os números de posts, blogs e posts diários.

    Tumblr a revolução dos blogs

  • Com um simples botãozinho você poderá disseminar seu post para milhares de pessoas
  • Com o recurso de reblogging é possível tornar seu conteúdo viral, sim, o mesmo ocorre no YouTube, graças a esse recurso o seu conteúdo torna-se viral em poucos minutos com apenas um clique. Claro, levando em consideração que seu conteúdo deve ser relevante e bom.

    Coloque tudo o que você gosta

  • Compartilhe suas fotos preferidas, músicas, aúdios, vídeos, quotes, textos etc..
  • Isso pode ser feito no seu blog convencional mas no Tumblr contamos com uma usabilidade incrível no seu template, tudo está em seu devido lugar sem se preocupar em não achar o que queremos e o melhor de tudo configurar o template do seu Tumblr é mais fácil que no Blogger ou WordPress. Graças a viabilidade de mudar e deixar do seu jeito o visual do Blog é que o Tumblr está se destacando mais do restante dos serviços de Blog do mundo.

    Publicado por Rodrigo Martinelli

    Sou Rodrigo Martinelli, formado em administração e matemática.

    Participe da discussão

    1 comentário

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *