Você está em:

Nós devemos orar diz Charles Bolden com relação aos meteoros

O administrador da NASA Charles Bolden participou de uma comissão sobre a capacidade de detecção de meteoros e a segurança do mundo com relação as recentes quedas dos mesmos no planeta e, mais especificamente, Bolden foi questionado por Mr. Posey o que poderíamos fazer se um meteoro fosse detectado com 3 semanas de antecedência vindo em direção a cidade de Nova Iorque por exemplo e sua resposta foi bem direta e sucinta: Charles Bolden sugeriu que deveríamos apenas “orar”..

Fica evidente que a NASA e o governo americano não possuem o devido budget ou orçamento necessário para garantir a segurança global. Isso é reflexo do mau uso do dinheiro. Também devemos ressaltar que os americanos não podem fazer tudo sozinhos. Os países emergentes e que atualmente estão “segurando a economia global” para que a mesma não entre em um colapso devem também contribuir com programas espaciais de segurança global afim de evitar que o mundo sofra um grande impacto de um meteoro maior que ocasionaria simplesmente no fim da humanidade.

Os meteoros que caíram recentemente na Rússia e nos Estados Unidos são pequenos. Mas, existe uma possibilidade em 2029 de um asteroide cair na Terra ou passar bem perto da mesma e esse asteroide é, de fato, grande o suficiente para destruir pelo menos um país inteiro.

A fonte dessa informação está nesse vídeo ( entrevista de Michio Kaku ).

O pior não são essas informações dadas pelo físico Michio Kaku, e sim as quais estão nesse vídeo:

No instante 1:23. Dr. Holdren diz que a quantidade de meteoros potencialmente capazes de “matar uma cidade” ou batizados de City killers ( já deixa subentendido o que significa o poder destrutivo desses meteoros… ) existentes e que não são identificados pelos atuais telescópios ( não sabemos se estão à caminho da Terra ou se vão cair na Terra ) é estimada em 10.000 ou mais.

E além dos mais de 10.000 meteoros potencialmente capazes de destruir uma cidade que supostamente estão próximos à Terra e também que podem vir do espaço por qualquer lado e colidir com a mesma, existem também entre 13.000 a 20.000 asteroides que podem passar perto da Terra ou colidir com a mesma onde somente 10% deles são detectados, ou seja, a NASA possui uma imprecisão enorme quanto ao tamanho, direção e comportamento desses asteroides. Imaginemos 10% de 13 a 20 mil, somente 1.300 a 2.000 são detectáveis atualmente. Isso é com base em uma estatística da NASA que Dr. Holdren mostra nesse outro vídeo:

Isso é alarmante, ou seja, se pelo menos 1%, 130-200, desses meteoros caírem na Terra, e em qualquer área, mesmo no oceano, causaria danos catastróficos ao mundo. Se um desses meteoros cair no oceano poderá provocar ondas gigantescas e encobrir cidades litorâneas com muita facilidade. Se cair em solo, como em uma cidade por exemplo poderá causar danos maiores ainda ( mais do que bombas atômicas ).

Os atuais telescópios que estão bem posicionados nos pontos de Lagrange não conseguem identificar os meteoros que vem do espaço, mais precisamente chegam da direção que está o Sol, e isso deixa a Terra quase 100% vulnerável a esses meteoros de menor e de maior porte.

Acredita-se que somente nos próximos 20 anos ou mais será possível identificar todos esses 10.000 asteroides/meteoros, e também o comportamento deles – Se estão à caminho da Terra e se vão ou não colidir com a mesma.

O governo americano ainda precisa de dinheiro para poder criar projetos que possam inibir esses ataques vindo dos cosmos.

Para se ter ideia, o evento ocorrido na Rússia há algumas semanas, é comparado com o de Tunguska, que também é uma cidade da Rússia, ocorrido em 1908 e registrado no mesmo ano. Que resultou em uma explosão enorme, ao equivalente a cerca de 1.000 bombas nucleares iguais aquela jogada em Hiroshima.

meteoros-ameacam-a-vida-na-Terra

Referências externas

1. Evento de Tunguska. Disponível em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Evento_de_Tunguska. Acessado em 24. mar 2013.

2. That’s reassuring: Nasa chief Charles Bolden’s advice on asteroid heading for Earth: just pray. Disponível em: http://www.independent.co.uk/news/science/thats-reassuring-nasa-chief-charles-boldens-advice-on-asteroid-heading-for-earth-just-pray-8543224.html. Acessado em 24. mar 2013.

Como as pessoas ganham dinheiro na Internet
como-ganhar-dinheiro-com-a-internet
Postagem publicada em
e atualizada em 28 de março de 2013
Postado por Rodrigo Martinelli
Postado em: Mundo, Notícias  
Tags: , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PiPo-Smart-S1-Pro-7-Frontal