Categoria: É

Plano cartesiano – O que é e como fazer

O conceito de plano cartesiano é super importante. Com esse conceito foi possível disponibilizar para as pessoas telas de gadgets mais sofisticados e com melhor qualidade de imagem.

Claro que não é somente isso. No dia a dia nos deparamos com o uso do plano cartesiano para tomar decisões importantes com base em um histórico de fenômenos corriqueiros.

O plano cartesiano é amplamente usado na matemática. Em diversas circunstâncias como na função do primeiro grau, função quadrática, função cúbica entre outros assuntos mais específicos.

Os quadrantes do plano cartesiano

quadrantes-plano-cartesiano

Sempre no sentido anti-horário os quadrantes ficam. Denomina-se então respectivamente o primeiro, segundo, terceiro e quarto quadrante.

O nome dos eixos

O eixo y recebe o nome de ordenada e o eixo x recebe o nome de abcissa.


Quais são os números primos – Até 50 e 100

numeros-primos

Os números primos são divisíveis por 1 e por ele mesmo apenas. Se o número for divisível por um outro então ele não é primo.

Exemplo, o número 24 não é primo pois é divisível por 2.

O número 25 também não é primo pois é divisível por 5.

O número 26 também não é primo pois é divisível por 2.

Curiosidade: Por convenção o número 1 não é primo.

Exemplos de números primos

O número 61 é primo pois não existe divisão (sem ter aqueles números fracionários) por um outro número a não ser por 1 ou 61.

O mesmo ocorre com os números: 67, 71, 73, 79, 83, 89, 97

Bom, esses são os números primos até 100.

Restaram dúvidas com relação a quais são os números primos? então deixe um comentário que responderemos o mais breve possível.


Geometria plana – O que é ?

Há muito tempo a geometria plana foi elaborada, mais propriamente na Grécia antiga.

Você precisa entender que o ponto, a reta e o plano são os estudos que você irá ver na geometria plana.

Outros assuntos relacionados a geometria são o Ponto (reta e plano), Ângulos, triângulos, Quadriláteros, Polígonos, Perímetro e áreas e regiões planas


As quatro Luas de sangue 2014-2015

As quatro Luas de sangue ocorrerão entre 2014 e 2015. Serão eventos curiosos pelo fato de ocorrerem muito próximos um do outro.

As quatro Luas de sangue são eventos já ocorridos na história da humanidade.

Mais precisamente nesse século ocorreram já pelo menos duas vezes.

Confira agora o vídeo que explica, através de um famoso pastor americano, como esse evento ocorrerá e o que significa do ponto científico e religioso.

as-quatro-luas-sangrentas-2014-2015-em-breve


O que é Calázio ou aquela bolinha em cima do olho ?

Mais uma vez tenho que dizer que com relação a evolução na medicina no que concerne aos olhos, ou ao estudo dos olhos (oftalmologia) estamos na idade da pedra ainda. O que é aquela bolinha em cima do olho? geralmente no esquerdo, no direito ou nos dois. É mais uma pergunta que faço para a medicina atual, que não sabem responder o motivo. Mas, há como descobrir a causa do Calázio e também a cura do mesmo com o uso de um medicamento acessível.

Embora essas palavras não justifiquem a sua ida ao médico, devemos salientar que o calázio pode desaparecer com o tempo (ou não).

No meu caso, após quase 1 ano ele desapareceu completamente. Mas não hesite procurar ajuda médica

Causa do calázio – Pancadas ou algo inexplicável.

No meu caso, bati a palma da mão no olho direito e depois de alguns dias surgiu o Calázio.

Calazio-fase-inicial

Essa bolinha, em fase inicial eu diria, foi bastante incomoda no começo.

Depois de um mês percebi a redução do Calázio no meu olho direito (o qual bati sem querer com a mão).

Calazio-depois-de-um-mes

Ai está mais uma foto do Calázio, dessa vez, em um tamanho menor do que na primeira foto.

Que remédio usei para o o calázio sumir ?

Antes de usar qualquer remédio indicado aqui, consulte o seu oftalmologista não quero que o seu calázio piore por conta da auto medicação (que pode ocorrer), então consulte seu oftalmologista de confiança para evitar reações alérgicas também.

O remédio usado para diminuir o calázio foi:

pomada-para-calazio

O modo de usar que é bastante complicado e incomodo. Por isso, consulte seu oftalmologista antes de qualquer prática de uso dessa pomada.

Não quero prejudicar sua saúde caso esse medicamento não seja apropriado para o seu caso em específico. Pois o Calázio pode surgir do nada também (sem pancada). Ai temos um outro caso, se temos algo diferente, precisamos de outra avaliação/diagnóstico do caso em específico.

Novamente, consulte seu oftalmologista antes do uso de qualquer pomada.

modo-de-usar-pomada-calazio

Como podemos ver, é preciso colocar um pouco de pomada na pupila e depois esfregá-la com cuidado.

Após massagear a pupila com a pomada lá dentro você já estará medicado com essa pomada em específico. Mas, como havia falado, não se auto medique, procure um profissional, oftalmologista no caso (do qual eu fiz) e use o medicamento ou as orientações do seu médico em virtude de sua saúde.

Esse artigo sobre calázio nos olhos é apenas instruir o portador de calázio.

Em quanto tempo some/desaparece o Calázio ?

Após 1 (um ano) foi possível o desaparecimento do Calázio. Praticamente ele sumiu do olho direito e não surgiu mais no mesmo olho.

Esse é um fato bastante intrigante, pois na maioria das vezes ele pode não sumir e isso pode prejudicar sua visão no futuro. Por isso procure um profissional da área para lhe orientar.


O que é lascívia ou ser lascivo ?

O significado da palavra lascívia tem referência a tudo aquilo que se refere ao desequilíbrio com a sexualidade. Se alguém é lascivo, ele possui diversas características que condizem com uma pessoa promíscua e sem escrúpulo sexual.

É também o lascivo alguém que não possui o equilíbrio no julgamento das pessoas por elas usarem roupas mais sensuais, desde que não estejam nuas ou que abusam de roupas inadequadas em ocasiões não correspondentes como ir à praia com roupas de banho das quais geralmente possuem pouca vestimenta, que denote o corpo humano e a sua beleza natural por exemplo.

A lascívia – citado por Ruy Barbosa

Ruy Barbosa defendeu certa vez uma mulher que era vítima da “lascívia opulenta de um mandão”. Um caso bastante comum na sociedade de hoje, se antes isso existia de acordo com a citação de Ruy Barbosa, imagine nos dias de hoje. O abuso sexual por parte de cônjuges é muito frequente em nossa sociedade brasileira e de muitas outras Brasil à fora. Esse é um dos casos de lascívia, agora imagine a quantidade de outros casos onde não envolvem cônjuges e sim qualquer situação que resulte em lascívia.
Sensualidade-da-mulher
É também muito citado a lascívia em textos sagrados como mostra no site esbocandoideias.com. Também no mesmo site podemos notar que lascívia é a imoralidade sexual, mas não que a sensualidade ou sexo é pecado ou algo ruim, mas sim o abuso ou desequilíbrio do mesmo passa a ser algo não bom para o indivíduo ou casal.

Em diversas situações, em novelas, filmes, seriados, podemos nos deparar com situações de lascívia e pessoas lascivas, são atitudes que podem receber diversas interpretações mas se observarmos bem essas situações que o lascivo comete o mesmo pode ser julgado de diversas formas que, em alguns casos, culminaria em um ato criminoso. Muitas vezes o lascivo não recebe punição, pois não houve denúncia por parte da vítima. Há casos que ser lascivo é um fetiche do casal. Devemos entender então que o lascivo pode ou não ser enquadrado como criminoso.

Referências externas

1. Ruy Barbosa. Disponível em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Rui_Barbosa. Acessado em: 1 maio 2013.
2. O que é lascívia. Disponível em: http://www.esbocandoideias.com/2011/07/o-que-significa-lascivia-lasciva.html. Acessado em 1 maio 2013.


O que são telas IPS

Quando nos deparamos com as telas de nossos dispositivos móveis ou mesmo a TV High Definition ou de alta definição podemos nos encontrar no manual delas na seção especificações técnicas a famosa (ou para muitos não famosa) tela com tecnologia IPS. O IPS é uma sigla em inglês e significa: In-Plane Switching technology que é uma tecnologia usada em monitores LCD’s com o objetivo de eliminar diversas desvantagens.

Resumindo, a tecnologia IPS possui diversas vantagens das quais são:

Vantagens das telas IPS

Telas de IPS conseguem processar sinais em alta velocidade sem perder dados usando fios de cobre com valores de baixa resistência.
Telas de IPS oferecem telas limpas e tempo de resposta estável
Telas de IPS possuem capacidade para mostrar imagens nítidas de diversos ângulos (Portanto esqueça daqueles efeitos feios quando se vê uma tela de LCD meio que de lado)
E por fim, Telas de IPS não deixam rastros de dedos coloridos quando são tocadas.

Outro fato é que se uma tela com tecnologia IPS levar uma pancada não muito forte, ela pode danificar como qualquer outra tela, mas não ficaria tão danificada quanto se fosse uma tela sem tecnologia IPS – Após algum tempo de uso a tela volta ao normal com massagens com as pontas dos dedos ou manuseamento normal da tela durante um tempo.

Desvantagens das telas IPS

Basicamente são duas as desvantagens:

As desvantagens das telas IPS são o aumento em 15% do consumo de energia da bateria do seu dispositivo móvel ou mesmo TV e telas IPS têm tempos de resposta mais lentos e, portanto, são mais propensas ao efeito fantasma.

Referências externas

1. IPS Panel. Disponível em: http://en.wikipedia.org/wiki/IPS_panel. Acessado em 15 mar. 2013.


O que é o medo ? Para que serve esse medo que sentimos ?

O medo nos acompanha sempre. Desde que nascemos e quando estamos à beira da morte. Temos medo de tudo e ás vezes de nada. É complicado, o medo é complexo, mas para alguns ele é controlado e faz parte da vida humana de forma natural, para outros, o medo é motivo de grandes perturbações e também grande atraso de vida. Vamos discutir nesse artigo os principais motivos pelos quais sentimos medo.

O medo começa cedo – Não faça isso ou aquilo.

Quando criança, estamos sujeitos a ameaças e outras situações que a criança se sujeita pelos adultos. É como uma imposição de quem tem mais autoridade. Quando crescemos, levamos consigo esses medos que na infância eram a pior coisa do mundo. Não importa qual religião você é, que educação você teve, ou mesmo se tem uma família convencional ou não. Há sempre alguma influência que ocasionou em medo.
Medo - Assustado
O medo tem seu lado ruim e seu lado bom. Imagine o que seria de nós se não tivéssemos o medo de fazer algo errado? seríamos sujeitos a cometer crimes sem o mínimo de medo disso. O medo é uma qualidade quando temos ele a favor de estudar minuciosamente detalhes antes de fazer uma ação. Os homicidas, criminosos e outros mal-feitores da sociedade não possuem medo de fazer o mal e da consequência que isso ocasiona.

Não devemos confundir medrosos com pessoas que possuem medo. Os medrosos são aqueles que têm medo de qualquer situação que o coloque em risco. Isso de fato é terrível, imagine quantas oportunidades um ser perderia se tivesse tantos medos? seria realmente uma pessoa com problemas sérios. É preciso se arriscar, mesmo que haja grandes obstáculos a serem enfrentados. É preciso ter coragem nessas situações.

O medo portanto tem seu lado bom e seu lado ruim, mas não descartamos uma coisa muito importante que é ter medo de fazer o “errado” para então evitar consequências não boas para um indivíduo e uma comunidade. Ter medo é bom nesse sentido, por isso a cautela não significa propriamente medo, mas prudência, e a prudência é ensinada de forma errada às crianças; ao invés de ensinarem a serem prudentes, éticos e morais, ensinam a serem medrosos ou impõem situações indiretas que levam ao medo.

Por que sentimos medo da morte ?

Isso é instinto, assim como atravessar a rua e ver um carro, o instinto vai fazer você parar até que o mesmo passe. Mas nem tudo o instinto consegue controlar, as pessoas se suicidam cada vez mais com base na escolha que fazem de morrer. O instinto de viver, ou de sobrevivência é natural nas pessoas e ele surge em diversos momentos do dia.

Quando estamos prestes a morrer, o medo pode surgir também, pois as pessoas possuem uma coisa chamada medo do desconhecido, por mais que as religiões expliquem como é depois da morte, não sabemos de fato como é mesmo, então é normal ter medo de morrer.


O que é AnTuTu benchmark

Um dos “testadores” de desempenho de Smartphone’s mais baixados no mundo é o AnTuTu Benchmark. Ele é especificamente para celulares e Smartphone’s Android e com ele você poderá fazer um teste completo do seu equipamento em alguns minuto. Ele vai testar diversas coisas como memória RAM, CPU, como o seu celular ou Smartphone encara gráficos em 2D e 3D (performance), velocidade leitura do cartão SD etc.

Poderá ser baixado na Google Play AnTuTu através do seu Smartphone.

AnTuTu BenchMark na Google Play

Suporta testes nas últimas versões de processadores QuadCore

O AnTuTu BenchMark pode suportar as últimas versões de CPU com quatro núcleos (QuadCore).

Para chegar a pontuação geral e individual do hardware, Benchmark AnTuTu vai julgar a qualidade do seu Smartphone de acordo com a pontuação do desempenho do hardware. Ao carregar as pontuações, Benchmark pode ver o seu dispositivo no ranking mundial, permitindo que os pontos surjam na tela do seu Smartphone para que você saiba o nível de qualidade do seu próprio equipamento.

AnTuTu Benchmark testadndo openGL fps

Testando os fps

Gráfico dos melhores pontuadores no AnTuTu BenchMark

Aqui temos um dos melhores pontuadores ou bem ranqueados no AnTuTu BenchMark, nota-se o LG Optimus muito bem na posição.

Como usar o AnTuTu BenchMark ?

É muito simples, após baixar o aplicativo basta fechar essa tela.

AnTuTu Benchmark instalado aperte close para testar

Pronto, agora basta apertar em Start Test e teremos o seguinte:

AnTuTu Benchmark iniciar teste


Fluxo de caixa positivo e negativo

Afinal, o que é um fluxo de caixa?, em poucas palavras, é uma das coisas mais importantes que um administrador deve se preocupar incansavelmente quando se administra um negócio/empresa do começo ao fim de determinado período – É a forma como a empresa usa o dinheiro, é o comportamento com relação ao que a empresa gasta ou investe e o que entra de dinheiro no caixa.

Mas o fluxo de caixa não é somente no ambiente organizacional que podemos nos deparar. Em nossa vida particular, quando recebemos nosso salário por exemplo ou mesmo um dinheiro de algum trabalho feito, o fluxo de caixa também vai existir, o mesmo se o dinheiro for gasto com alguma coisa (pagamento de contas pessoais etc). O fluxo de caixa pode ser positivo, negativo, e mesmo não ocorrer em determinado momento (exemplo: durante uma semana o dinheiro não saiu da sua conta bancária e também não entrou dinheiro).

No caso desse artigo iremos falar sobre o fluxo de caixa empresarial, sua importância e também exemplos. O fluxo de caixa pessoal será feito em outro artigo com dicas e exemplos.

Imagine o que seria de uma empresa sem uma boa gestão financeira em curto, médio e longo prazo? simplesmente a empresa iria à falência, ou no mínimo ficaria inadimplente e não conseguiria produzir o que é preciso devido a falta de dinheiro ou liquidez para comprar matéria prima e até mesmo pagar os colaboradores no tempo certo. Isso acarretaria em queda das ações na bolsa de valores caso a empresa seja de capital aberto – É de certo que os investidores não comprariam ações de uma empresa que não possui um caixa saudável, pois sem isso a empresa não pode aprimorar seus equipamentos e produzir mais e com mais qualidade.

Uma empresa sem um gerente financeiro adequado certamente está fadada ao fracasso. Por isso esse assunto é delicado e requer extrema cautela em escrever. Vamos discutir, de forma detalhada e dando exemplos como uma boa gestão financeira vai favorecer não somente o fluxo de caixa da empresa mas a empresa como um todo e também o que significa um fluxo de caixa positivo e negativo de fato.

O Fluxo de caixa de uma empresa pode ocorrer todos os dias

O que queremos dizer com isso é simples, todo o dia a empresa pode fazer compras/investimentos e vendas. Todo o dia pode entrar e sair dinheiro do caixa da empresa. A saída de dinheiro da empresa significa um fluxo de caixa negativo mas não quer dizer que é prejudicial a empresa. O fluxo de caixa positivo, também não quer dizer que é uma boa coisa, afinal, a entrada de dinheiro em um curto espaço de tempo, dependendo também da quantia, não significa que a empresa esteja bem financeiramente.

Exemplos? imagine se a empresa não consegue mais vender um determinado produto ao preço almejado devido a concorrência do mercado estar alta, ou então a oferta estar muito maior que a procura. Fica difícil dizer que a entrada de dinheiro com relação a quantia é algo positivo. De fato o é, por ter entrado dinheiro, mas a curto, médio ou longo prazo isso já é outra história se considerarmos as despesas e custos que a empresa possui ao longo do período para pagar e honrar seus compromissos.

É preciso analisar a empresa como um todo, para isso a analise do fluxo de caixa deve ser feita com o intuito de saber se a empresa está solvente ou insolvente a curto, médio e longo prazo, e ajuda a prever o que vai acontecer, se o caixa da empresa estiver diminuindo é sinal que poderá haver possíveis momentos de inadimplências como atraso a pagamento de fornecedores, atraso de salários etc…Fluxo de caixa

O que é uma análise do fluxo de caixa

De forma minuciosa o gestor financeiro ou mesmo administrador vai acompanhar durante um curto período de tempo como se comporta o fluxo de caixa da empresa. Mas, não deve apenas fazer isso, antes mesmo de começar essa analise do presente, deve começar também do histórico do fluxo de caixa da empresa. Deve encontrar onde a empresa estava insolvente e até mesmo solvente e analisar ao decorrer dos dias, meses ou mesmo anos passados o fluxo de caixa e seu comportamento (negativo, equilibrado ou positivo). Detectado os períodos com maior fluxo de caixa negativo nota-se a falta de competência de administração/gestão financeira, como por exemplo, comprar algo que não vai ser usado o mais rápido possível com o intuito de converter o uso do equipamento/objeto/outros em entrada de dinheiro. Temos que ressaltar também os erros que o gestor financeiro comete ao autorizar comprar determinadas coisas em momentos errados pelo almoxarifado ou outros departamentos – O bom gestor financeiro encontra meios de melhor comprar o equipamento, financiando ou emprestando dinheiro de instituições como o BNDES para comprar o equipamento e não usar dinheiro próprio; utiliza-se capital de terceiros no caso.
Administrando o caixa da empresa
É preciso ter consciência que o caixa da empresa é vital, praticamente todos os departamentos dependem de materiais e de pessoas qualificadas com o intuito de exercer uma função que a empresa necessita – Empresas optam por terceirização com o objetivo de não pagar muito por um funcionário que é exclusivo no mercado de trabalho. Ás vezes a empresa opta pelo empréstimo como uma estratégia financeira para comprar determinado equipamento por exemplo, ou mesmo pagar dívidas atrasadas (como já falado anteriormente).

Mas não é somente isso, trabalhar com estoque mínimo é também uma maneira bastante inteligente de ajudar o caixa da empresa.

  • Exemplo de resultados ao final de um período devido ao fluxo de caixa de uma empresa fictícia.

Posição de caixa - histórico 2011

Independente de não haver o tipo de fluxo de caixa e também independente de se assemelhar com um fluxo de caixa pessoal, nesse gráfico podemos notar o histórico da posição do caixa ou o resultado em dinheiro ou mesmo dívidas de uma empresa após o comportamento do fluxo de caixa de uma empresa fictícia ao longo do ano de 2011 – Temos então a posição do caixa nesse gráfico em conformidade com a tabela, que mostra em alguns meses mais saída de dinheiro do que entradas durante os meses de março, abril, maio, junho e outubro que ocasionou em uma posição de caixa negativa, isso é bastante ruim pois isso pode indicar que a empresa não conseguiu honrar com alguns dos seus compromissos nesses meses embora a empresa tenha conseguido se recuperar nos últimos meses.

Durante os meses do ano de 2011 houve mais entrada do que saída de dinheiro, basta somar todos os meses que entrou dinheiro e subtrair com os meses que saiu dinheiro. Feito isso, temos a certeza que entrou mais dinheiro do que saiu, o resultado foi: 43.000 positivo se comparado com os saldos de caixa negativo e positivos. Tendo em vista esse dado, o gestor financeiro ou o responsável por administrar o caixa poderá tomar medidas com o objetivo de equilibrar as contas e assim não perder o controle do caixa nos momentos em que é preciso honrar com os compromissos.

Mas, não é somente isso. O responsável pelo caixa da empresa deve entender que até o final de 2011 sobrou apenas 12.000. Isso indica que a entrada de 43.000 a mais do que saiu de dinheiro é pura ilusão. Só serve para orientar o responsável do caixa a respeito do que é preciso fazer para que esse dinheiro seja melhor empregado considerando os custos fixos e variáveis a ponto da diferença de 43.000 com relação ao saldo negativo, seja equilibrada e o saldo de caixa possa ser positivo em todos os meses do ano no próximo exercício/período.

Apesar dos meses em que o caixa da empresa esteve com saldo positivo, como foi o caso dos meses de Janeiro, Fevereiro, Julho, Agosto, Setembro, Novembro e Dezembro, não significa que a empresa esteja bem. O declínio da posição do caixa com saldo positivo no início ou ao final do período em que se analisa o caixa é um alerta de que a empresa está perdendo dinheiro. A lógica é simples, nesse caso, se a empresa tinha uma posição de caixa de 30.000 em janeiro de 2011, e em fevereiro de 2011 ficou com 25.000 significa que entrou menos dinheiro do que saiu – A empresa pode ter investido ou mesmo gasto 5.000 a mais com relação ao que entrou (que no caso não sabemos por enquanto pois não discriminamos as entradas e saídas com base nos tipos de fluxo de caixa).

Apesar de não termos discriminado os tipos de fluxo de caixa deu para ter uma pequena noção de como se faz ou funciona um fluxo de caixa através da posição do caixa da empresa ao final de cada mês/início de mês – Podemos dizer também que o fluxo de caixa é a forma como a empresa investe ou gasta o dinheiro.

Não devemos jamais apenas analisar por longo prazo. Devemos também analisar a curto e médio prazo. Por exemplo, devemos também analisar todos os dias o comportamento do caixa da empresa. A dica é criar uma planilha com 12 colunas e 31 linhas que representam respectivamente os meses e os dias (e desconsiderar os dias onde o mês é inferior a 31 dias), para termos uma analise do fluxo de caixa mais detalhada e com base nisso saberemos o comportamento diário do fluxo de caixa da empresa. É aconselhável discriminar tudo que entra e sai do caixa da empresa. Mas isso deve ser feito em outra planilha no mesmo documento e que pode servir como apoio à outra planilha para saber o que foi comprado e o que foi vendido. Isso faz do fluxo de caixa mais claro para os administradores e também profissionais da área de finanças. Um exemplo, imagine que a empresa no mesmo dia gaste R$500,00 com algum tipo de mercadoria e receba nesse mesmo dia R$1.500,00 de vendas de produtos. Ao final do dia a empresa teve um fluxo de caixa positivo de R$1.500,00, um fluxo de caixa negativo de R$500,00 e um saldo positivo/posição de caixa de R$1.000,00 + (o que já havia no caixa) que será considerado no próximo dia como caixa inicial ou dinheiro em caixa.

Analise de fluxo de caixa por dia no mês

Digamos que temos o histórico do mês de janeiro por dia do ano de 2011 de determinada empresa.

Posição de caixa diário mês janeiro 2011 exemplo

Podemos notar nesse simples exemplo dos dias de janeiro do ano 2011 um histórico de posição de caixa positivo em diversos dias. Tivemos no dia 25 a maior quantia de dinheiro no caixa ao final do dia e tivemos no dia 21 o maior saldo de caixa negativo. Mesmo assim encerramos o mês de janeiro de 2011 com entradas bem superiores às saídas. O resultado foi 30.000 a mais de dinheiro que entrou se somarmos todos os dias, porém, ao final de janeiro a posição do caixa ao final de janeiro de 2011 foi de 4200 (que sobrou em caixa ao final desse mês).

Nesse caso dos dias o gestor financeiro deve, em minha opinião, manter a posição do caixa sempre positiva. Se não, a empresa não vai poder honrar com seus compromissos e isso indica uma possível recessão ou mesmo recuperação judicial se a mesma acumular muitas dívidas sem ter o devido retorno dessas dívidas geradas, o mesmo para o final de cada mês, deve adotar medidas para a posição do caixa ser sempre positiva ou, em outras palavras, ter sempre dinheiro disponível. Como solucionar esse problema de liquidez? dependendo do caso, o corte de gastos (coisas que são menos importantes) e também fazer um empréstimo compatível com o fluxo de caixa da empresa pode resolver esse problema dependendo do caso (em um momento de crise por exemplo), à curto, médio ou longo prazo.

Isso é importante entender, analisar e descobrir, não somente nos dias em que a empresa teve um saldo de caixa negativo, mas também aprimorar o saldo de caixa positivo nos dias em que foram positivos uma vez que a empresa tem como base a soma de todas as posições de caixa dos dias de janeiro e percebe-se a entrada de 30.000 a mais com relação aos saldos negativos. Serve como orientação isso ao gerente ou gestor financeiro que pretende deixar o saldo do caixa da empresa positivo todos os dias do mês. Mas o número 30.000 é pura ilusão, mas que serve como referência para futura administração do caixa.

Nesse exemplo, pode ter faltado dinheiro em muitos dias para que a empresa pudesse honrar com seus compromissos, isso deixa a entender que a empresa não estava indo bem em alguns dias do mês de janeiro de 2011. A consequência disso pode ser inadimplência com os fornecedores ou mesmo atrasou pagamento de salários, de matéria prima ou despesas.

O gerente financeiro vai precisar adotar medidas para aumentar ainda mais o resultado positivo do caixa ao final do mês/início do mês utilizando de meios de financiamento ou mesmo sugerir ao setor de compras a cotação de materiais para produção mais baratos, comprar matéria prima/outros em momentos certos que faça o dinheiro ser “segurado” ou evitar ao máximo que a liquidez da empresa diminua. Ou mesmo emprestando dinheiro a juros adequados.

Infelizmente algumas vezes quando a empresa está insolvente, o gerente financeiro em conjunto com o administrador da empresa deve alertar que a empresa precisa demitir o mais rápido possível com o objetivo de “equilibrar as contas” e a empresa não correr o risco de ficar inadimplente e posteriormente ir à falência.

Em todo caso, nesse exemplo, temos uma posição de caixa satisfatória na maioria dos dias. Um detalhe importante que devemos destacar é que um fluxo de caixa positivo, negativo (ou mesmo sem fluxo algum) em um dia não quer dizer que a empresa está bem ou mal. Não podemos isolar um único dia e dizer que a empresa vai bem caso o fluxo de caixa seja positivo no dia. Assim nos dias seguintes e também meses. As empresas possuem dívidas, e muitas vezes as dívidas são exorbitantes ocasionando em uma necessidade de fluxo de caixa positivo todos os dias e em quantidades compatíveis com aquilo que ela precisa para honrar com seus compromissos.

Agora iremos complicar um pouco a situação.

Exemplo planilha de fluxo de caixa de empresa fictícia

Exemplo planilha fluxo de caixa

Nesse caso discriminamos cada entrada e saída de dinheiro. Ao final de cada mês tivemos a posição do caixa e como podemos notar temos no mês seguinte o caixa positivo ou negativo.

Por uma má administração financeira ou mesmo um mal estar no mercado, a empresa ficou devendo nesse exemplo 735 no fim do mês de julho de 2013 e vai levar essa mesma posição de caixa para início do mês de agosto de 2013. Então a empresa nesse caso teve um descontrole financeiro que ocasionou em falta de pagamento de alguns de seus compromissos. Como o valor não é tão grande então os investidores, caso a empresa seja de capital aberto, não ficariam tão preocupados uma vez que nos meses seguintes a empresa teve um fechamento de fluxo de caixa bastante satisfatório do início do mês ao final do restante dos meses. Respectivamente temos 739 ao final de agosto e início de setembro, 14.290 ao final de setembro e início de outubro, 10.618 ao final de outubro e início de novembro, e 1.413 ao final de novembro. Essa brusca queda no fechamento de caixa ao final de novembro pode ser um alerta ruim, uma vez que a empresa pode não ter comprado nenhum novo equipamento ou o mercado não estiver adquirindo mais seus produtos como antes, que é o que realmente ocorreu, entrou apenas 8.034 com relação a venda de produtos que a empresa produziu no mês de novembro. E tem mais, houve um grande aumento em gastos com divulgação, o valor foi de 2.560, bem maior que nos meses anteriores. E isso não surtiu efeito satisfatório nas vendas a ponto de gerar vendas compatíveis com o que foi investido em divulgação/publicidade/propaganda.

Quais são os tipos de fluxo de caixa de uma empresa

Podemos classificar como Fluxo de caixa operacional (que tem relação com a venda de produtos), temos também Fluxo de caixa de financiamento (se a empresa emprestar um dinheiro para comprar um equipamento gera-se então um fluxo de caixa de financiamento). E para finalizar temos o fluxo de caixa de investimentos. (digamos que a empresa resgate dinheiro aplicado e com ele vem os juros ou empresa compra um novo equipamento para aumentar sua produção, expandir-se etc… a empresa então gera um fluxo de caixa de investimento).

Fluxo de caixa durante um ano completo

Fluxo de caixa completo de empresa ano todo

Nesse exemplo consideramos os tipos de fluxo de caixa e discriminamos cada um deles com seu respectivo valor (positivo/negativo ou entradas/saídas de dinheiro).

Podemos notar que o item depreciação é marcado como um fluxo de caixa operacional positivo. Isso significa que a depreciação tem relação com o retorno que o equipamento está dando em conformidade com o dinheiro investido. Nota-se então que valeu a pena comprar o equipamento. Isso também significa que depreciação não significa sempre redução ou algo que está se “deteriorando”. Depende muito, se o equipamento está dando retorno e em média a depreciação é 10% ao ano, se o equipamento comprado for bem empregado nas atividades que a empresa mais gera dinheiro é possível que o retorno que o equipamento dá ao caixa da empresa seja superior a depreciação. Exemplo? imagine que uma máquina custou R$50.000,00, todo o ano ela tem uma depreciação de 10%, ou seja, todo o ano ela perde R$5.000,00 de valor de mercado, se o retorno da máquina for superior a R$5.000,00 torna-se então uma depreciação não negativa ao caixa da empresa e sim positiva que é o caso do fluxo de caixa logo acima (R$2.000,00 de retorno a mais no fechamento do ano de 2011).

Já no item diminuição em contas a receber significa que a empresa recebeu antes do próximo exercício ou durante o ano mais do que se esperava (dentro dos períodos de curto, médio e longo prazo) e é por conta disso que gerou caixa com relação a isso.

No item aumento em contas a pagar, isso significa que se o estoque foi comprado à crédito ou se algo foi pago, então a diferença no valor devido de um ano para o outro tem de ser subtraída do lucro líquido. Se houver uma quantidade que é devido ainda, em seguida, todas as diferenças terão de ser adicionado a um lucro.

E para finalizar, no fluxo de caixa de financiamento, temos 3.000 em títulos a pagar. Como emprestamos 3.000 e iremos pagar no próximo exercício então soma-se ao fluxo de caixa final da empresa. Temos então uma posição de caixa de R$51.000,00 para o próximo ano.

O histórico do fluxo de caixa de um ano/mês/dia da empresa deve ser muito bem arquivado com o objetivo de ser estudado no futuro e saber as causas de possíveis problemas com o caixa como falta de dinheiro em momentos importantes de compra e até mesmo evitar uma possível falência da empresa – Os investidores precisam conhecer como a saúde financeira da empresa está e o que o empresário está fazendo com o dinheiro, se está investindo para aumentar a produção e vender mais é sinal de que a empresa vai bem mesmo aumentando o fluxo de caixa negativo do fluxo de investimento.

Resumindo o que é fluxo de caixa positivo e negativo

Uma empresa pode usar um fluxo de caixa para prever o fluxo de caixa futuro, isso significa que haverá maior flexibilidade empresarial no que concerne aos investimentos futuros de expansão da produção da empresa. Para os investidores, o fluxo de caixa reflete a saúde financeira de uma empresa: basicamente, quanto mais dinheiro disponível para as operações de negócios, melhor. Porém isso não é regra geral. Ocorre algumas vezes um resultado de caixa negativos devido ao grande investimento que a empresa faz para ampliar sua produção.

Ajustando os resultados como a receita, o investidor pode obter uma imagem muito clara do que algumas pessoas consideram o aspecto mais importante de uma empresa: o quanto de dinheiro que gera e, particularmente, o quanto de dinheiro entra com a venda dos produtos produzidos e o reflexo do investimento de alguma ampliação para produzir mais e vender mais.


PiPo-Smart-S1-Pro-7-Frontal