Você está em:

Como descobrir o gráfico de uma equação linear

Muitas vezes nos deparamos com equações lineares e com a pergunta – Descubra o gráfico da equação dada.

Nesses casos muitos ficam desorientados na hora de desenhar o gráfico de uma função/equação linear.

Parece difícil, mas não é, vamos analisar algumas coisas que devemos levar em consideração antes de criar nosso gráfico da função ou equação linear

O primeiro detalhe é saber o termo b que sempre vai influenciar no eixo y. Depois devemos saber o coeficiente x que em conjunto com o termo b vai nos dar a raiz da equação/função linear. (Lembre-se y = ax + b).

equacoes-lineares Nessa figura à esquerda temos alguns exemplos de equações lineares que podemos formar o gráfico de maneira fácil.

Vamos pegar o primeiro exemplo e desenhar o gráfico.

grafico-equacao-linear-2x-mais-2-igual-a-0 Temos a reta interceptando o eixo x e y. Temos um par ordenado de (-1, 2). Mas como foi possível chegar a essa conta? É simples.

Vejamos. Primeiro peguei o termo b para saber onde no eixo y que a reta iria interceptar. Logo após isso descobri a raiz da equação e pronto, temos o gráfico da equação linear feito.

No exemplo, temos essas passagens para descobrir a raiz da equação linear:

2x + 2 = 0
2x = -2
x = -2/2
x = -1

Com as demais equações se faz a mesma coisa. Usamos o termo b como referência para descobrir onde no eixo y a reta irá passar, e logo após fazemos a descoberta da raiz da equação e determinamos onde no eixo x a reta vai passar. Simples não?

Publicado por Rodrigo Martinelli

Sou Rodrigo Martinelli, formado em administração e matemática.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *