Você está em:

Como calcular no xadrez – Abertura – Meio jogo – Final de jogo

Quem deseja melhorar o nível no jogo de xadrez deve entender a essência do cálculo no xadrez. Essa essência equivale a diversas coisas a serem consideradas com relação a uma determinada situação/posição em jogo.

Devemos então analisar a situação como um todo, e, com relação a ela, antes de fazer um lance, considerar diversas coisas como defesa, ataque, combinações (tanto para defesa e ataque), táticas de defesa ou ataque, e também um jogo posicional para obter vantagem futuramente. Além disso, o uso dessas situações para entender a parte material é também válida se e somente se houver uma vantagem de fato, ou, se não for bem calculada, pode ser uma armadilha do oponente. Vamos esclarecer com mais detalhes e explicações práticas desse cálculo no xadrez.

Índice – Como calcular no xadrez

pecas-de-xadrez-calculo-no-xadrez
Conceito básico do cálculo no xadrez
Avaliação da situação antes de tomar a decisão
Quando calcular no xadrez – Abertura, meio jogo, final
Calcular no xadrez quando abertura
Calcular no meio jogo no xadrez
Como calcular final de jogo no xadrez ?
Calcular no xadrez é como uma rede neural
O que tem a ver o cálculo com defesa e ataque ?
Conclusão – Como calcular no xadrez

Conceito básico no cálculo no xadrez

Como já falado no primeiro parágrafo, quem deseja ser um bom jogador de xadrez deve ter em mente que calcular no xadrez é uma tarefa árdua e devemos considerar diversas variáveis como a estratégia, a tática, a combinação, a posição, a abertura, o meio e o final de jogo (essas últimas temos que considerar tudo que já foi falado ao discorrer da partida), além dessas, outras coisas mais como a defesa, posições dinâmicas, equivalência de material, compensação de material e outras coisas mais que não sei pois calcular no xadrez possui inúmeras variáveis a serem consideradas e é quase que impossível dizer todas elas. Embora as quais já ditas revelam uma boa porcentagem do que se deve considerar no jogo antes de fazer um lance.

Então, calcular no xadrez é avaliar uma situação e após avaliar essa situação com base no cálculo que é estratégia, tática, defesa, combinações para obter qualidade/vantagem material/vantagem posicional etc… deve então após todos esses cálculos fazer o lance. Caso falte alguma coisa, é de certo que você não fará um bom lance.

Cada jogador possui uma qualidade em específico, alguns são excelentes jogadores defensivos, outros são extremamente criativos, mas, cuidado com a criatividade pois quando não bem calculada ela não vai ser uma boa escolha.

Os jogadores criativos podem ser tanto para o ataque quanto para a defesa. Então, calcular no xadrez não é tão simples como as pessoas imaginam. A primeira coisa que você tem que ter em mente em calcular no xadrez é que não é imaginar peças se movendo no tabuleiro, e ai tomar a decisão de fazer um lance “bom”. Podemos citar essa “ideia de imaginar peças de movendo” quando há uma situação de tática, ai sim, podemos calcular imaginando as peças se movendo tanto as do oponente quanto as suas e que culmine num tático de fato.

Mas calcular no xadrez é muito mais do que isso, saiba nesse vídeo os principais pontos para considerar o cálculo no xadrez antes de fazer seu lance:

Após assistir o vídeo, você já estará ciente do básico, do feijão com arroz de como calcular no xadrez, agora iremos partir para algo mais detalhado.

Avaliação da situação antes de tomar decisão

diagrama-situacao-posicao-xadrez-avaliacao-e-calculo

Digamos que S seja a Situação. Após ter ciência da situação entramos num complexo de diversas variáveis que temos que calcular. Mas, esse exemplo simples, tem que ser entendido de uma forma bem mais ampla. Não é linear o cálculo como mostra no esquema, ele é vertical e linear. Ou seja, se você calcula no item 1 (que pode ser o ataque por exemplo) você então, automaticamente está também mexendo na defesa (que seja o item 2 por exemplo). Então, calcular no xadrez envolve uma situação em que pensar no ataque mexe também na defesa e, se mal calculado, pode ocasionar em uma situação desvantajosa. Calcular no xadrez tem sua interferência recíproca entre os itens dados (que no caso foram somente 7 para exemplificar) dos quais podem ser ataque, defesa, estratégia, estratagema, tática, combinatória, enfim, da questão macro e micro, o jogo é um todo e pode ocasionar em uma desvantagem ou mesmo no pior, em um tático e você perder o jogo em alguns lances forçadamente (isso se o oponente conseguir enxergar o tático).

pecas-de-xadrez-panorama-preto-e-branco

Uma explicação mais clara é a seguinte: Cada jogador possui uma “personalidade no xadrez”, isso é, uns jogam mais no ataque, outros mais na defesa, outros são mais posicionais. É óbvio então que quem joga no ataque, tende a deixar a defesa enfraquecida (eu disse TENDE e não que irá deixar de fato, mas muitas vezes deixa e isso pode ser um problema enorme).

No caso acima ainda temos 7 itens que devemos levar em consideração, e que um interfere no outro. Se caso você não consiga equilibrar tudo em sua mente todos esses cálculos, o lance (a letra L no caso) vai sair mal feito e isso é uma oportunidade para o seu oponente ganhar vantagem ou mesmo vencer o jogo.

Quando calcular no xadrez – Abertura, meio jogo ou final

e4-peao-do-rei-abertura O cálculo, dependendo da variação escolhida na abertura, já ocorre no começo do jogo. Embora o cálculo seja fator primordial aos que desejam ser exímios jogadores, devemos ter em mente os imprevistos que o cálculo no xadrez (pelo menos no que está nesse artigo) não consegue evitar.

É ai que surge sua criatividade para sair da situação desvantajosa. A criatividade no xadrez não é somente quando você está em desvantagem, mas também quando está em vantagem. E xadrez, em minha opinião, a principio, é arte. E sem a criatividade bem calculada a arte não sai bem feita. Então temos que ter consciência já disso – Xadrez, a princípio, é arte.

Calcular no xadrez quando abertura

Só é plausível o desgaste do cálculo na abertura quando ela é desconhecida por um dos lados. Por você, ou pelo seu oponente. O cálculo é imprescindível nesse momento, pois se você não souber calcular o mais profundo possível a intenção do oponente é de certo que você vai perder ou no mínimo, ficar em desvantagem.

Então, se você se deparar com uma abertura que não é do seu conhecimento, esteja preparado para pôr sua maior ferramenta em ação total – O cérebro. E leve em consideração o esquema acima e o que foi falado dele.

Os cálculos feitos não serão apenas para o início da partida e sim para o meio e para o fim da posição. Quanto mais cálculos você fizer, melhor será sua situação no jogo. Mas, não demore muito, lembre-se, há o tempo que deve ser considerado, senão você vai perder o jogo no tempo.

Calcular meio jogo no xadrez

posicao-calcular-no-meio-jogo-como-fazer

O meio do jogo é consequência da abertura e também dos seus planos. Se um plano der certo dentro da sua profundidade de cálculo já feito antes (por isso planeje alguns planos antes de iniciar uma partida, mas sempre faça algo novo e criativo com enfoque no cálculo).

Após entrar no meio jogo, teremos uma situação que foi precedida de acordo com o que foi calculado por ambos os oponentes. Lembre-se, quando você calcula, você não mexe só no seu jogo, ou em seu lado, você mexe no lado do oponente também. Quando você joga, ou move uma peça, você não move uma peça, mas sim o jogo todo. O meio jogo então nada mais é do que a consequência de um dos planos bem arquitetado antes e, se houver algum imprevisto da abertura até o meio jogo, durante o jogo com o uso do cálculo.

pecas-de-xadrez-meio-jogo-foto-panoramica

Calcular no final de jogo no xadrez

Como já falado, o meio do jogo é nada mais do que a consequência de um dos planos já arquitetados antes ou durante o jogo (quando há imprevistos ou durante). E, por conta disso, temos um final de jogo, mas não é um final de jogo qualquer, é um final de jogo previsto pelo que soube melhor calcular no jogo. Quem souber calcular um jogo do começo ao fim será o vencedor ou no mínimo vai empatar o jogo pois conseguiu perceber uma linha de empate mesmo se o oponente perceber o plano arquitetado para vencer.

Por isso, em minha opinião, xadrez se começa do fim, e não do começo. Por que? pelo fato dos planos arquitetados antes, que devem serem memorizados para evitar o desgaste físico do jogador durante a partida caso o oponente responda com os lances que foram já estudados e arquitetados.

Então, antes de iniciar uma partida, um Grande Mestre, no mínimo, arquiteta alguns planos do começo ao fim. Ou seja, ele já sabe o que vai fazer do começo ao fim do jogo, então ele já começa do fim, e não do começo.

Por isso que os jogadores, grandes jogadores, possuem uma memória fotográfica do que irão fazer. Isso é, sabem tudo que podem fazer antes de iniciar uma partida com o objetivo de vencer. O imprevisto é muito remoto aos que arquitetam uma quantidade de planos razoavelmente superior aos outros jogadores e isso culmina na derrota destes últimos.

Calcular no xadrez é como uma rede neural

posicao-meio-jogo-como-calcular

Como já mostrado e falado, calcular no xadrez é como uma rede neural. Que, conforme o uso do seu conhecimento já de jogo, com as derrotas e também as vitórias e empates, remodelam essa rede com o objetivo de aprimorá-la. Por isso jogar no xadrez, principalmente jogos blitz ou com mais tempo, implicam em melhorar no cálculo no xadrez.

Treinar a memória é imprescindível, também o raciocínio para poder utilizar, em conjunto com a criatividade, o cálculo pautado na situação e assim discorrer um jogo com planos arquitetados tanto para vencer ou empatar, e infelizmente, em alguns casos, o erro de cálculo ocorre e a derrota é eminente. Com a derrota, é possível aprender muito e aprimorar cada vez mais a sua rede neural com relação ao cálculo no xadrez.

Calculo na defesa e ataque

Qual é a sua posição preferida? uma posição sólida e extremamente defensiva ou uma posição de extremo ataque? É difícil dizer isso, calcular pensando nessas duas situações, equilibrar o ataque e a defesa é sem dúvida uma arte dos campeões do jogo.

Conclusão – Como calcular no xadrez

Como conclusão de como calcular no xadrez podemos notar que o cálculo no xadrez não é apenas imaginar peças se movendo em tabuleiro como os principiantes fazem, mas sim algo bem mais complexo que isso.

Calcular no xadrez é estratégia, tática, combinatória, defesa, ataque. Dentro desses micros e macros assuntos, podemos julgar que calcular no xadrez está dentro do micro e do macro. O macro seria atacar ou defender, e o micro está relacionado a estratégia, tática, combinatória entre outras coisas que envolvem o todo, mas que há situações forçadas.

Quem tem mais experiência no jogo sabe que calcular no xadrez pode ser bem mais que isso, porém, deixo aqui, minha opinião, que serviu até então para atingir um nível satisfatório no xadrez.

Como as pessoas ganham dinheiro na Internet
como-ganhar-dinheiro-com-a-internet
Postagem publicada em
e atualizada em 10 de setembro de 2014
Postado por Rodrigo Martinelli
Postado em: Artigos, Como, Curiosidades, Dúvidas, Fazer, Jogos, Xadrez  
Tags: , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PiPo-Smart-S1-Pro-7-Frontal